terça-feira, 30 de junho de 2015

SALTO DO DESENVOLVIMENTO

A mãe que digita esse texto, se sente um bagaço, irritada, sem paciência, cansada, e com a consciência muito pesada por estar se sentindo assim. E resolveu desabafar no blog!
O problema é que meu corpo já havia se acostumado com a rotina de sono da Bia, estávamos indo super bem, e eu conseguia realizar todas as minhas atividades sem problemas. Ela podia passar o dia mais agitada, mais nervosa, sem dormir, que o sono da noite era sagrado, as 23:00 estava dormindo, as 6:00 acordando para mamar, as 7:00 dormindo novamente e acordando só as 10:00, pronto, eu não precisava de mais nada, dormia até as 6:00, dava o mamar e quando ela voltava a dormir, podia cuidar dos afazeres da casa, e fazer os artesanatos, e depois passar a tarde só por conta dela. Porém...a pouco mais de uma semana, tudo mudou, a Bia entrou na fase do salto de desenvolvimento, que até ontem eu nem sabia o que era.
Tudo começou com ela estranhando de uma hora para a outra meu irmão( seu padrinho), que ela vê praticamente todos os dias, depois ela começou com uma implicância com o peito, as vezes não queria mamar, e quando queria, ficava tirando a minha mão, e querendo agarrar e beliscar, e fazendo com o peito o que bem entendesse como se fosse de borracha, depois ela começou a ficar mais irritada e chata durante o dia, chorava o tempo todo, e eu achando que ela sentia alguma dor, pq nada a fazia calar. Dava o maior show, choro sentido, queria escolher em qual colo ficar e até a posição.
Marido e eu já estávamos achando a situação estranha, pensávamos que fosse dente, mas nada apontou ainda. E essa mudança dela de certa forma já estava me irritando, mas bem menos, porque eu ainda tinha uma boa noite de sono reparador, e depois ainda conseguia cuidar dos afazeres pela manhã, então por mais difícil que fosse, eu ainda estava conseguindo aguentar.
Aí as complicações de sono começaram, na sexta passada (26/06) fizemos todo o processo de sono normal dela, as 22:00 começamos o banho e logo depois dei o mamar, porém desta vez ela não quis dormir, dei um seio ( ela sempre mamou apenas um seio para dormir uma noite toda, o outro cheio ficava para a mamada da manhã), dei o outro seio...e nada. Eu estava cansada, meu marido ficou com ela na sala e me deitei por uns 40min e dormi, acordei com ela chorando, levantei, dei novamente o seio e ela enfim dormiu profundo, e acordou no seu horário habitual e a rotina normal se manteve pelo resto do dia. No sábado, ela deu uma pequena reclamada para dormir, mas conseguimos colocá-la na cama em seu horário normal. Só que ela acordou as 4:00 da manhã, querendo mamar, conversar e brincar, e só consegui fazê-la dormir novamente as 6:00.
Além disso, ela tem exigido mais colo durante o dia, dormindo praticamente nada, e mamando muuuito mais que antes. Então o cansaço de ficar mais tempo com ela no colo, amamentar mais, fazer as encomendas para entregar na data certa e cuidar dos afazeres domésticos, tem simplesmente me esgotado, e infelizmente tenho sido bem impaciente com essa fase dela. Me sinto culpada sim, porque sei o quanto ela está precisando de mim, seu corpo está em um "boom", ela precisa de mais atenção, mais leite, mais colo, mais carinho, e eu nem sempre tenho suprido. Meu marido tem tentado ajudar, mas ela faz escândalo com ele, e só cala quando eu pego.
Essa noite para mim foi a pior de todas até agora, ela demorou muito para dormir, chorou muito, reclamou muito, e quando consegui que ela dormisse já era mais de 1:00 da manhã, levei ela para o peito e tentei colocá-la no berço e ela acordava de novo por 4 vezes. Meu marido até propôs dormir com ela no colo no sofá, pq ele a fez dormir por 2 vezes assim, e quando a colocou no berço ela acordou e voltou a chorar. Eu já estava enlouquecendo, quando finalmente ela dormiu, e eu pude descansar. Maaaas...acordou as 5:00 chorando, querendo colo e mamar, e eu surtei.
Mas enfim, fazer o quê?! Levantei, troquei, dei mamar, até ver que ela dormia bem, e quando fui colocar no berço, ela acordou novamente, e mais choro, e nada de querer voltar a dormir. Fiquei um tempo ninando ela no berço, até que consegui que ela adormecesse, e aí meu sono já tinha ido para o beleleu, e fui fazer as coisas de casa e resolvi vim desabafar aqui.
Gostaria de contar que compreendo a fase dela, que vou ter toda a paciência do mundo, e que nao vou me importar com o cansaço. Mas meu corpo diz o contrário, é involuntário. Por estar exausta, não consigo ser paciente com a fase dela, choro cada vez que ela dá seu show, e cada mudança que acontece.
Dizem que essa fase do salto de desenvolvimento dura mais ou menos da semana 14 a 17 de vida dos bebês, a Bia está com 15 semanas e 3 dias, vamos esperar para ver.
Eu li a respeito, e é exatamente assim que acontece, os bebes ficam mais irritados, impacientes, querem mais colo, tem sono ruim, estranham as pessoas, querem mais contato ao mamar, e mamam mais, pois como o corpo está trabalhando mais, precisam de energia.
Lógico que em alguns bebês os sintomas são mais amenos, não foi o caso aqui de casa.
O que me resta é pedir a Deus paciência, e entender e atender a necessidade da minha filha, afinal ela não tem culpa pelo que está acontecendo. E esperar, porque como todas as outras situações que vivemos até hoje, vai passar!
Bjus***

3 comentários:

Naity disse...

Menina, nossos bbs são imprevisíveis, né? A minha dormia a noite toda até um ano....Aí começou a acordar duas, três vezes....Foi um horror! Agora, com 1 ano e 9 meses ela tá começando a dormir a noite toda....Mas, de vez em qd acorda uma vez ainda.....Força!!!

Lyanna Souza disse...

Thalita, espero sinceramente que essa fase chatinha passe logo, logo e que a Bia volte a rotina estabelecida anteriormente! Muita força querida!!! Beijos!!!!

Tiff@ disse...

Thalita, isso que descreveu é o meu "normal", apesar de 1 ano e 3 meses rs, espero que esse pico passe logo, abraço forte forca e paciência^^

Postar um comentário

Você me deixa muito feliz com seu comentário! Bjus***